Planejamento e Banco Mundial assinam acordo para desenvolver ações de Gestão de Pessoas

08 de MarÇo de 2018

 

Memorando de entendimento terá duração de dois anos e vai permitir a análise da folha de pagamentos do governo federal

O Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP) assinou, nesta terça-feira (6), memorando de entendimento com o Banco Mundial para promover a melhoria da gestão de pessoas do governo federal. Entre as ações previstas está o desenvolvimento institucional em coleta e análise de dados do Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos (Siape).

Segundo o secretário de Gestão de Pessoas do MP, Augusto Chiba, o acordo vai possibilitar que o Banco Mundial analise a folha de pagamentos do governo federal e faça um estudo comparativo desta com a de outros países. “Isto é importante para o governo conseguir fazer sua própria análise e tomar suas decisões estratégicas para o serviço público. Um de nossos desafios é ter uma informação mais fidedigna da força de trabalho e como ela se comporta ao longo dos anos”, complementa Chiba.

Outro objetivo da parceria é planejar modelo de pesquisa periódica com servidores públicos de todo o Brasil. O intuito é conseguir analisar os efeitos das políticas de gestão de pessoas, com os resultados sendo utilizados para a melhoria e também em inovações das ações na área.

“O interesse do Banco Mundial é ajudar o governo brasileiro. Vamos trabalhar em conjunto, a partir de uma base de dados, para entregar um projeto com propostas e seus impactos simulados”, afirmou Martin Raiser, diretor do Banco Mundial no Brasil.

O acordo não envolve transferência de recursos e terá a duração de dois anos. ​

Fonte: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão

 



Escrever

Comentários (0)

Sem comentários, seja o primeiro a comentar clicando aqui.



{"controller":"index","action":"noticia","tipo":"midia","id":"4255","module":"default"}